Saúde da mulher pode ser afetada pela jornada dupla

S

A OECD (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) aponta que a jornada dupla (vida profissional + doméstica) está afetando a saúde da mulher. A sua dedicação às tarefas que envolvem sua casa é de aproximadamente 4 horas e meia por dia, enquanto a contribuição masculina não chega à metade.

Isso significa que a jornada profissional feminina deveria ser de 34 horas semanais, enquanto a dos homens poderia chegar a 47 horas. Mas todas sabemos que hoje, a carga horária é muito maior que isso.

Enquanto isso, na Austrália…

Segundo estudo da Universidade Nacional da Austrália, comandada pelo Dr. Huong Ding, e com a participação de oito mil australianos, cerca de dois terços dessas pessoas ultrapassam 40 horas semanais de trabalho. Ele aponta que, com o esforço prolongado, a saúde das pessoas é afetada, especialmente a das mulheres.

Isso porque, com uma jornada dupla, é provável que ela chegue um momento que a mulher não dê conta de suas demandas profissionais e do lar. Lyndall Strazdins, coautora da pesquisa, usou o termo “desigualdade de tempo” para explicar essa diferença de jornada de trabalho. Diferença, aliás, que pode chegar a 100 horas por ano.

Como não prejudicar a saúde da mulher?

Para solucionar o problema, em vez de aumentar a jornada de trabalho da mulher, mudar o hábito social masculino seria o ideal. Até porque, os homens também têm responsabilidades dentro de casa, e nada mais justo do que dividi-las com suas companheiras. Dessa forma, a saúde da mulher deixa de ser afetada e o lar ganha uma dinâmica mais saudável.

Se você é uma mulher empreendedora que gosta de estar por dentro das principais dicas e boas-práticas, não deixe de assinar nossa newsletter. Odiamos spam! Me preocupo em fornecer, no máximo 1 vez por semana, as principais novidades do blog Vou De Salto. Leia mais sobre como a qualidade de vida ajuda na vida profissional e compartilhe suas ideias!

Sobre a autora

Bela Guarino

Gerente de Inside Sales na Rock Content, formada em Relações Internacionais, mas já foi ninja, marketeira e até mesmo cosplayer. Teve seu 1º blog aos 12 anos e hoje gosta mesmo de Reiki e viajar por aí.

Comente!

Tópicos recentes

Categorias

Popular Posts

Mostrar
Esconder