Afinal de contas, o que é um MBA? Como diferenciar da especialização?

A

Você quer melhorar seu desempenho no seu emprego ou aprender alguma coisa nova? Decidiu por uma pós-graduação? Você pode ter percorrido um longo caminho até chegar à decisão de continuar estudando, mas talvez ainda tenha algumas dúvidas. Uma delas é: qual a diferença da especialização para o MBA? Afinal de contas, o que é um curso de MBA?

MBA é a sigla para Master in Business Administration, que no português seria “mestrado em administração de empresas”. Contudo, um MBA não é um mestrado! Por ser um curso latu sensu, seu foco não é a formação de pesquisadores e professores, mas sim na capacitação para o mercado de trabalho. É uma modalidade de curso que tem como objetivo uma especialização na área de gerência ou na administrativa, e pode estar ligada à diversos setores. Aliás, os que vêm se destacando, segundo o Guia do Estudante, são os voltados à “tecnologia da informação, saúde, marketing ou agronegócio”.

Uma de suas características é que a administração tem um peso muito maior para a formação do que no caso da especialização. Afinal de contas, é um curso voltado ao gerenciamento, não é? Seus alunos deverão cumprir dois terços do tempo do curso com disciplinas de gestão e administração. E mais: a duração do curso pode variar bastante. O MEC (Ministério da Educação) também exige que os cursos tenham 360 horas mínimas de aula, assim como nas especializações, mas os cursos podem chegar a 480 horas-aulas. No caso de um curso de 360 horas, a Associação Nacional de MBA (Anamba) o classifica como “padrão-Brasil”, enquanto que os de 480 horas são classificados como “padrão global”.

O processo de seleção, contudo, é diferente do processo da especialização. Neste caso, a experiência no mercado de trabalho é muito importante, principalmente devido sua natureza, de capacitação para a gestão. De acordo com Armando Dal Colleto, da Anamba para o Guia do Estudante,

Como os MBAs são um fórum de discussão entre professores e alunos, o profissional recém-formado não tem bagagem suficiente para aproveitar e fazer contribuições relevantes em classe.

Além disso, no momento da inscrição, muitos cursos de MBA exigem que o interessado apresente não apenas seu diploma de graduação, mas seu currículo. O candidato também estará suscetível a uma entrevista e provas de redação, proficiência em uma segunda língua, testes de lógica e até mesmo de matemática. E no caso de cursos de MBA que estão classificados no “padrão global”, é muito provável que exijam que o candidato comprove no mínimo três anos de atuação no mercado de trabalho.

Diferenças e semelhanças

A lógica do curso também não é como a da especialização. Ao contrário de seminários e afins, os alunos de um MBA são apresentados a cases e outras discussões que o colocam mais em contato com a prática da gestão. E ao final do curso, os alunos deverão entregar uma monografia a respeito de um dos aspectos trabalhados ao longo do curso. A Anamba recomenda que os alunos, durante o trabalho de conclusão do curso, sejam orientados por um professor para que seja feita, com cuidado, uma relação entre o projeto do aluno com aquilo que foi ministrado durante o curso. O trabalho final não precisa ser apresentado no final do curso, assim como no caso das especializações. E as aulas costumam ser ministradas aos sábados ou durante a semana, à noite.

Por isso, caso você queira melhorar sua capacidade de gestão, talvez um curso de MBA seja o ideal para você! Procure reunir o maior número possível de informações sobre os MBAs na sua cidade e qual deles melhor te atende!

Se você é uma mulher empreendedora que gosta de estar por dentro das principais dicas e boas-práticas, não deixe de assinar nossa newsletter. Odiamos spam! Nossa equipe se preocupa em fornecer, no máximo 1 vez por semana, as principais novidades do blog Vou De Salto. Leia mais sobre como melhorar seu currículo e compartilhe suas ideias!

Sobre a autora

Tatiana Leite

Bacharel em Relações Internacionais e mestranda em Comunicação Social, ambas pela PUC Minas, se interessa por todo tipo de cultura. Com uma queda por telenovelas mexicanas, pretende continuar estudando sobre o gênero ficcional e encorajar mais pessoas a seguirem suas paixões.

Comente!

Tópicos recentes

Categorias

Popular Posts

Mostrar
Esconder