Mudar de emprego? Sinais de que você já chegou ao topo do seu cargo

M

Muitos são os motivos que podem te desmotivar no seu emprego, mas já parou pra pensar que, às vezes, você deveria mudar de emprego? Será que você tem possibilidades de subir na hierarquia de onde trabalha? Em tempos de crise, dificilmente alguém deixará seu emprego porque acredita que pode ter oportunidades melhores para aproveitar seus conhecimentos, mas se engana quem acha que isso não acontece. Aliás, acontece muito!

Então eis aqui algumas dicas que, segundo o Business Insider, mostram que possivelmente você é bom demais para ocupar o cargo que ocupa!

Trabalho muito tedioso

Ninguém quer um trabalho que te enlouqueça o tempo todo, mas ficar muito tempo entediado no trabalho também não está certo! Um emprego que te incentive a superar seus limites, que te desafie e que, no final das contas, satisfaz as suas expectativas, provavelmente é onde você deveria estar! Claro que você pode tentar se envolver com outros projetos dentro da empresa em que trabalha, mas se esse tédio for constante e já dure um bom tempo, talvez seja a hora de procurar novos desafios.

Não há nenhum desafio

Se esforçar no seu emprego é uma tarefa constante: você quer entregar todas as suas metas, quer ser organizada e estar em dia com seus afazeres, mas e quando você já nem precisa se preocupar com estas questões? Um trabalho muito fácil de ser cumprido também desmotiva um funcionário e, quando você percebe que é a única que está nesta posição, o desespero por novos desafios pode ser ainda maior.

Seus colegas estão estagnados na mesma função

Quando você vê movimentação na hierarquia da empresa que trabalha, certamente isso indica que há possibilidades de você sair de sua função e até mesmo ser promovida. Mas e quando todos estão no mesmo lugar de sempre e não têm nem previsão de mudanças? Provavelmente você também estará nestas estatísticas e, para isso, o ideal é você procurar novos desafios para conquistar – seja na sua empresa ou em outra.

Também não se contente com a maneira como as coisas “sempre foram feitas”, pois mudanças fazem bem a qualquer ambiente!

Não há mais aprendizado, só repetição

Aprender sobre sua função faz parte do seu treinamento e, provavelmente, nos primeiros meses de trabalho você estará sempre aprendendo coisas novas. O problema está quando esse aprendizado não vem mais – claro que você se acostuma com seus afazeres, mas a falta de mudanças também abrange o seu aprendizado. Aliás, o aprendizado não está só no seu trabalho em si, mas nas relações entre seus colegas e em tantas outras dimensões da sua vida profissional.

A falta de aprendizado costuma deixar os funcionários com mais tédio e, se você quer algo que te estimule mais e que não “caia na rotina”, talvez esse seja um sinal de que as coisas deveriam mudar!

Seu/sua chefe também está estagnado(a)

A estagnação não está apenas no cargo que você e seus colegas estão, mas na visão de futuro da própria empresa. Esperar por mudanças e novos desafios devem ser elementos importantes no seu local de trabalho e, quando até mesmo seu/sua chefe não conseguem vislumbrar mudanças e novos desafios, você provavelmente poderá sentir ainda mais tédio.

Ter um plano de futuro não só guia os funcionários a terem melhoras nos seus desempenhos como também mantém um ritmo de desafio que te impulsione a melhorar sempre.

Você se calar demais nas reuniões

Ter projetos e novas ideias pode ser maravilhoso para a empresa onde você trabalha, mas você já deixou de opinar com medo do que as pessoas possam dizer a seu respeito? Se calar não é uma boa atitude se você quer mudanças e novos desafios e, ainda que seus colegas estejam estagnados, não deixe que esse tédio contamine você e sua vontade de crescer profissionalmente!

Quando você lidera todos, inclusive seu chefe

Chefes desorganizados, estagnados ou que não conseguem lidar com o gerenciamento dos funcionários do seu trabalho são um péssimo sinal. E se é você que costumar colocar tudo em ordem, o sinal é ainda pior: você tem total capacidade de ocupar um cargo maior e não está na posição certa.

Dificilmente você vai conseguir convencer seu/sua chefe de que você deveria estar num cargo melhor ao apontar os problemas que ele(a) têm de gestão, então você terá três alternativas: tentar falar com ele(a) mesmo assim; procurar seu supervisor; ou mudar de emprego!

Se você é uma mulher empreendedora que gosta de estar por dentro das principais dicas e boas-práticas, não deixe de assinar nossa newsletter. Odiamos spam! Me preocupo em fornecer, no máximo 1 vez por semana, as principais novidades do blog Vou De Salto. Leia mais sobre erros nas entrevistas de emprego e compartilhe suas ideias!

Sobre a autora

Tatiana Leite

Bacharel em Relações Internacionais e mestranda em Comunicação Social, ambas pela PUC Minas, se interessa por todo tipo de cultura. Com uma queda por telenovelas mexicanas, pretende continuar estudando sobre o gênero ficcional e encorajar mais pessoas a seguirem suas paixões.

Comente!

Tópicos recentes

Categorias

Popular Posts

Mostrar
Esconder