Mudança de cargo ou de equipe: o que você deve considerar?

M

Ser a responsável pela gestão de seus funcionários é uma função de muita responsabilidade, pois alem de cuidar para que todos estejam fazendo corretamente, você pode acabar tendo algumas surpresas no meio do seu caminho. Uma dessas surpresas é quando um destes lhe pede que você o transfira para uma outra função.

Você pode ter passado muito tempo treinando-o para que ele exercesse bem seu trabalho atual, ou ele já é excelente nesta função e você não tem como substituí-lo, ou mesmo pode acontecer de uma nova vaga ser aberta na sua empresa e um dos seus funcionários quer esta vaga, ainda que você não o considere a melhor das opções para ela. Então, o que fazer nestes momentos? Saiba o que você deve considerar no caso de uma demanda por mudança de cargo ou de equipe!

Avalie o histórico deste funcionário

Se o funcionário em questão pedir uma transferência para outra área, você deve checar seu histórico na companhia. Bons resultados na função que ele desempenha podem ser desestimulantes para você, então avalie também quem poderia substituí-lo. No caso de funcionários muito novos que já querem trocar suas posições, dê-lhes mais um tempo para realmente se acostumarem nesta função que já atuam.

E se o funcionário não estiver dando bons resultados e pedir por esta mudança, considere novos treinamentos para ele, pois uma especialização já pode mudar a perspectiva dele sobre o trabalho que já desempenha. Neste caso, entretanto, uma avaliação mais rigorosa deve ser feita, uma vez que você pode acabar desperdiçando recursos para treinar um funcionário que pode sim executar muito bem o trabalho de outra função.

Conheça os motivos pela mudança

Nem sempre os pedidos por mudança de posição ou área tem a ver com a vontade do seu funcionário em aprender algo novo. Infelizmente, dentro das empresas é comum que alguns funcionários não tenham boas relações com outros ou então que estes problemas sejam específicos com suas equipes – ou pior, com seus gestores. Por isso, antes de fazer qualquer mudança, tente descobrir os verdadeiros motivos que o fizeram pedir por esta mudança.

Na maioria dos casos, estes funcionários nem mesmo chegam a conversar com aqueles que não se dão bem para melhorarem sua relação de trabalho! E em muitos destes casos, é justamente esta conversa que pode resolver todo o problema!

Converse com os colegas de equipe do funcionário e seu gerente

Discretamente, você deve conversar com cada um dos funcionários da equipe deste funcionário que quer mudar de área e perguntar como é a relação deste para com os outros. Conhecer mais sobre este funcionário por outros vai lhe fazer ter uma ideia mais clara sobre sua personalidade, ética de trabalho e a própria rotina deste funcionário. Assim, você poderá saber se ele poderá acrescentar algo à nova equipe ou se ele não se encaixa nela.

Também não deixe de conversar com o gerente da equipe para onde seu funcionário quer se mudar. Pode ser que este gerente já conheça este funcionário e possa dar também seu ponto de vista sobre ele ser realocado. Ou, no caso dele não conhecer o tal funcionário, questione se este gerente quer alguma mudança na sua equipe, o que acharia de uma nova contribuição e questões relacionadas a esta mudança, seus prós e contras.

Avalie o seu funcionário

No caso desta mudança ser considerada como uma possibilidade real, avalie este funcionário como se ele estivesse sendo contratado novamente, ou considere a possibilidade de avaliá-lo como se fosse um candidato externo. Desta forma, você estará o incentivando a se esforçar ainda mais para conseguir esta mudança e provar que sua demanda será benéfica para a empresa. Ele deve se preparar para esta entrevista como se fosse sua primeira para sua empresa, mostrando que ele está tão ou mais preparado que os candidatos externos.

Toda e qualquer mudança deve ser muito bem planejada para que sua empresa não perca o seu ritmo de produção e para que este ritmo seja sempre aperfeiçoado. E nunca deixe de considerar a opinião dos seus colegas de trabalho, pois quanto mais informações, melhor!

Se você é uma mulher empreendedora que gosta de estar por dentro das principais dicas e boas-práticas, não deixe de assinar nossa newsletter. Odiamos spam! Nossa equipe se preocupa em fornecer, no máximo 1 vez por semana, as principais novidades do blog Vou De Salto. Leia mais sobre os hábitos que melhoram seu desempenho profissional e compartilhe suas ideias!

Sobre a autora

Tatiana Leite

Bacharel em Relações Internacionais e mestranda em Comunicação Social, ambas pela PUC Minas, se interessa por todo tipo de cultura. Com uma queda por telenovelas mexicanas, pretende continuar estudando sobre o gênero ficcional e encorajar mais pessoas a seguirem suas paixões.

Comente!

Tópicos recentes

Categorias

Popular Posts

Mostrar
Esconder