Sim, é possível manter a calma em momentos de crise!

S

Com muitas preocupações, afazeres, sonhos e planos, muitas pessoas acabam sucumbindo à ansiedade. Infelizmente a ansiedade é um mal que afeta a maior parte da população – seja ela leve ou até mesmo incontrolável. A ansiedade leve é importante para nos dar motivação, animação e também para nos prevenir de perigos. Porém, em uma dose mais alta, a ansiedade pode nos afetar permanentemente. Então a pergunta que fica: é possível manter a calma em momentos de crise?

Um estudo feito na Universidade de Yale, de acordo com a Revista Entrepreneur, mostrou que um estresse muito prolongado pode causar danos permanentes no cérebro, como a degeneração da área do cérebro que cuida do nosso autocontrole. E sem esse autocontrole, como garantir que conseguiremos manter tudo em ordem?

Por isso, reunimos alguns conselhos que podem te ajudar a controlar a ansiedade exacerbada que pode estar tirando seu sossego!

Foco naquilo que você já tem

Você pode estar esperando por uma resposta sobre aquele emprego dos sonhos, o resultado de um exame, seja lá o que for: nunca se esqueça daquilo que você tem. Reconheça tudo aquilo que você já conquistou e, principalmente, não se esqueça das pessoas que estão ao seu redor. Nem sempre vamos conseguir o que queremos, mas também não podemos deixar de pensar que, quando uma oportunidade desaparece, outras podem surgir quando você menos espera. Às vezes, são mudanças inesperadas que trazem as maiores surpresas da nossa vida.

Não queira mudar seu passado

Não adianta viver se perguntando o que teria lhe acontecido se você tivesse feito escolhas diferentes – e não se trata apenas das grandes decisões. Um ônibus errado, um tropeço na rua ou mesmo um corte de cabelo podem mudar radicalmente a sua vida e você pode nem perceber. As escolhas que fazemos nos transformam em quem nós somos e, ao pensar nos erros que você cometeu no seu passado, você provavelmente se esquece de que tudo aquilo que você já viveu podem ter te transformado em uma pessoa melhor do que seria se não tivesse caído tantas vezes no seu caminho.

Positividade

Quando você chega a um nível muito elevado de estresse, é natural que você comece a pensar negativamente. Afinal de contas, a ansiedade exacerbada nos perder a noção da realidade como ela é. E vou te dizer uma coisa: a realidade não é ruim o tempo todo. Muito menos perversa quando você comete um erro. Contanto que você sempre tenha em mente de que tudo na vida pode ser remediado (exceto a morte), você ganha um ânimo extra para continuar seguindo seu caminho. Por isso, ao invés de pensar em todas as coisas ruins que podem acontecer na sua vida, pense sempre nas coisas maravilhosas que você poderá viver, nos sonhos que você pode conquistar e nos amigos que pode fazer! A vida é uma caixinha de surpresas!

Desconecte-se da realidade

Tem horas que você está tão focada nas coisas que precisa fazer que se esquece de você mesma – aliás, essa é uma das maiores dificuldades para as workaholics de plantão. Eu sou meio suspeita nesse assunto, pois quando entro em um projeto, entro de corpo e alma, mas posso dizer com toda a segurança que se desconectar faz bem para você e para tudo aquilo que você tem que fazer.

Ao se desconectar dos seus aparelhos móveis e da sua internet, você já andou metade do caminho. Permanecer-se conectada a essas coisas faz com que você nunca se esqueça daquilo que lhe preocupa. E se mesmo sem isso você ainda não conseguir tirar tudo da sua cabeça, você precisa encontrar alternativas que desanuviem suas preocupações. Seja uma caminhada ou corrida, uma hora ouvindo suas músicas favoritas, lendo um livro ou mesmo conversando com uma amiga, você dá atenção a essas outras atividades. A partir do momento em que você se concentra nesta nova atividade, você areja a sua cabeça destas preocupações. Assim, ao retomar seu ritmo normal, você possivelmente terá novas perspectivas sobre seus problemas e temores.

Controle a cafeína no seu corpo!

Sabia que a quantidade de cafeína que você ingere afeta diretamente a sua adrenalina? E a adrenalina é a responsável por nos tornar mais aptos a rebatermos críticas, ofensas e até dificuldades sem antes pensarmos em qual a melhor atitude a ser tomada. E se você é dessas pessoas que precisam de um café para acordar e fazer seu dia render, tenha ainda mais cuidado! Essa “afobação” aumenta o nosso nível de estresse e, consequentemente, nossa paciência vai para o limbo. E convenhamos: ninguém quer ouvir grosserias logo no início do dia, não é?

Procure diminuir a quantidade de cafeína que ingere aos poucos, para que o seu organismo perca esta dependência e você consiga adquirir novos hábitos sem sofrer de abstinência!

Dormir não é perda de tempo

Se todas as pessoas dormissem o necessário para cada organismo, com certeza estaríamos menos estressados. Os workaholics de plantão adorariam ter mais tempo hábil para resolverem seus problemas, mas se esquecem de que o sono é essencial para que a nossa produtividade continue alta. Dormir é mais que um descanso físico: é o momento em que você realmente se dá a oportunidade de descansar sua mente dos seus problemas. Assim como as máquinas precisam de manutenção regularmente, nosso corpo humano (que é a nossa máquina) também precisa – mas com intervalos bem mais curtos que o das máquinas tecnológicas.

Se você tem problemas para dormir, procure se exercitar para que seu corpo consiga se desligar mais facilmente e, no caso de insônias muito recorrentes, procure orientação médica!

Pensar novas perspectivas

Colocar-se no lugar das outras pessoas é a melhor forma de conseguir ter empatia pelos outros. Mas ao fazer este exercício, você também consegue observar seus problemas de uma nova forma e pode até encontrar novas soluções que diminuirão sua ansiedade! Quando você muda a sua lógica de pensamento, inicialmente haverá certo desconforto e insegurança, mas essa mudança pode significar muitas melhorias na sua vida. Inclusive, é com essa insegurança que você consegue ousar nas suas decisões! Não tema a mudança, por mais assustadora que ela possa parecer, pois são as mudanças que nos fazem crescer e nos surpreender!

Respire fundo e preste atenção nisso!

Por mais bobo que este conselho pareça ser, nos momentos de picos de ansiedade nos esquecemos de respirar corretamente. O cuidado com a respiração nos acalma, pois, além de oxigenar nosso cérebro, distrai nossa mente da nossa preocupação anterior. Prestar atenção na sua inspiração e expiração pode ser a distração que você precisava para não perder o controle da situação.

Você não está sozinha

Todas nós passamos por problemas, leves ou graves. As dificuldades podem se provar cada vez mais difíceis de serem superadas, mas além da maturidade que adquirimos para continuarmos seguindo em frente, elas não caíram do céu para que você resolvesse tudo sozinha. E este é o grande ponto: você nunca está sozinha. Se você tem uma religião, se dedique à sua fé.

Mas se você achar que isso não é suficiente ou então você não tenha nenhuma fé religiosa, não se esqueça de que os amigos de verdade estão conosco nos momentos bons e nos ruins também. Ainda que não estejam presentes fisicamente com você, a tecnologia está sempre ao seu dispor para que você não sucumba à ansiedade.

A ansiedade pode parecer um bicho de sete cabeças quando você está enfrentando este turbilhão de emoções e pensamentos, mas você pode seguir este passos para superar suas crises. Por mais simples que todos este conselhos sejam, muitas pessoas encontram dificuldades para colocá-los realmente em prática. Então, se esforce sempre para manter a positividade e o queixo erguido para seguir em frente!

Se você é uma mulher empreendedora que gosta de estar por dentro das principais dicas e boas-práticas, não deixe de assinar nossa newsletter. Odiamos spam! Nossa equipe se preocupa em fornecer, no máximo 1 vez por semana, as principais novidades do blog Vou De Salto. Leia mais sobre como ter mais foco e menos estresse e compartilhe suas ideias!

Sobre a autora

Tatiana Leite

Bacharel em Relações Internacionais e mestranda em Comunicação Social, ambas pela PUC Minas, se interessa por todo tipo de cultura. Com uma queda por telenovelas mexicanas, pretende continuar estudando sobre o gênero ficcional e encorajar mais pessoas a seguirem suas paixões.

Comente!

Tópicos recentes

Categorias

Popular Posts

Mostrar
Esconder