Investimento de renda fixa: conheça os CRIs e CRAs

I

Todas nós mulheres sabemos que não dá mais para contar com uma aposentadoria só de INSS. E mesmo vivendo com nossos salários, é sempre legal ter uma renda extra, não é verdade? Pois então você precisa conhecer os CRI e CRA, formas de investimento de renda fixa!

A emissão de LCIs e LCAs teve uma queda por conta da crise financeira, já que os bancos passaram a reduzir esse tipo de investimento. Com isso, a procura por CRIs e CRAs aumentou. Ficou confusa com as nomenclaturas? Calma! Lembre-se que as LCsLetras de Crédito – são emitidas por instituições financeiras para financiar os mercados imobiliários e de agronegócio. Já os CRsCertificados de Recebíveis – são emitidos pelas próprias empresas, através de securitizadoras (instituições que fazem a intermediação entre necessidade de crédito de uma empresa e os compradores dos títulos).

Mas o que significa cada uma dessas formas de investimento?

Conheça mais sobre os Certificados de Recebíveis!

CRI é o Certificado de Recebíveis Imobiliários, enquanto o CRA é o Certificado de Recebíveis do Agronegócio. Enquanto o primeiro teve um crescimento de 19,5% em 2016, o estoque de CRAs chegou a R$ 17,5 bilhões ano passado, que é quase o triplo de 2015 (R$ 6,4 bilhões)! Mas olha só: a liquidez desses investimentos é menor que as das letras de crédito, e podem variar de 180 dias até 13 anos. Ou seja: são investimentos de médio a longo prazo.

Algumas vantagens desse tipo de investimento de renda fixa é a isenção de Imposto de Renda e IOF, e não possuem Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que cobre R$ 250 mil por CPF e por instituição, de determinados investimentos. Ou seja: mesmo que a empresa emissora quebre (e você automaticamente perca o que investiu), você também pode ganhar mais, porque o risco é maior. E quanto maior o risco, maior a rentabilidade.

Atenção!

Por causa do risco maior, você precisa ter maiores critérios quando escolher em qual empresa vai colocar o seu dinheiro. Tudo bem que as chances de uma empresa quebrar são pequenas, mas mesmo assim, é recomendável consultar a classificação da empresa ou securitizadora no site da Bovespa, por exemplo.

Atenção! Antes de tudo, procure a classificação da empresa ou securitizadora no site da Bovespa!

E não marque bobeira: cuidado com a remuneração que é oferecida, porque se for muito promissora e até meio longe da realidade, desconfie! Além disso, reflita bem se é esse o tipo de investimento que você quer fazer. Se você não é muito agressiva quanto a investimentos, pode se assustar um pouco com o risco grande. Na dúvida, é sempre bom pesquisar qual tipo de investimento de renda fixa combina mais com o seu perfil de investidora!

Se você é uma mulher empreendedora que gosta de estar por dentro das principais dicas e boas-práticas, não deixe de assinar nossa newsletter. Odiamos spam! Me preocupo em fornecer, no máximo 1 vez por semana, as principais novidades do blog Vou De Salto. Leia mais sobre como calcular o faturamento do novo negócio e compartilhe suas ideias!

Sobre a autora

Bela Guarino

Gerente de Inside Sales na Rock Content, formada em Relações Internacionais, mas já foi ninja, marketeira e até mesmo cosplayer. Teve seu 1º blog aos 12 anos e hoje gosta mesmo de Reiki e viajar por aí.

Comente!

Tópicos recentes

Categorias

Popular Posts

Mostrar
Esconder