Dicas para as empreendedoras jovens: o que fazer para alcançar sonho profissional?

D

Quando você está na casa dos 20 anos de idade, muitas dúvidas pairam na sua cabeça: qual curso devo fazer na faculdade? Quantas línguas tenho que aprender? Como será o mercado de trabalho? E se eu não gostar da minha faculdade? Até quando é cedo para mudar de carreira? Infelizmente, essas dúvidas estão presentes na vida de pessoas de todas as idades, pois a indecisão faz parte da vida. Porém, um dos maiores executivos da LinkedIn, Mike Gamson, deu dois conselhos para os jovens trabalhadores dessa faixa etária, que ainda não sabem o que fazer para alcançar um sonho profissional.

As dicas também valem para as empreendedoras jovens e de todas as idades, pois uma vez que você também se vê ao redor de dúvidas na hora de montar seu próprio negócio, você também está sucetível a ter dúvidas sobre os próximos passos a serem dados. Então, eis os conselhos do responsável pela rede que possui de mais de 10 mil trabalhadores registrados em 30 países.

Tenha foco sobre o que quer para si

Fazer planos pode ser bom para direcionar suas escolhas, mas planos muito longos não adiantam de nada se você não sabe para onde quer ir. Ter foco sobre o que quer para si é fundamental para a organização de um plano de ação e, sem este objetivo definido, planos podem te levar à decepções desnecessárias.
E ainda que você não saiba o que quer, qual seu objetivo, não se desespere: é neste momento que você vai começar a construir uma ideia de como você quer que seja a sua vida. A partir daí, você precisa ter em mente aquilo que mais lhe interessa, seja um hobby, uma profissão ou alguma ideia do que gostaria de fazer.

Planeje os passos a serem dados

Conhecimento é essencial. Ao invés de procurar por cursos que te façam uma candidata mais atraente pelo currículo, aprenda realmente tudo aquilo que você se dispõe a aprender. Um bom currículo é apenas um detalhe na sua vida, e serão os seus conhecimentos que farão com que você execute um bom trabalho naquilo que desejar fazer. Ainda que a corrida no mercado de trabalho seja voraz, Gamson afirma que às vezes é mais vantajoso ir mais devagar na corrida pela melhoria da sua carreira.
A paciência é um fator de alta relevância no que tange as suas decisões, pois será com mais reflexão que você poderá se decidir sobre o que fazer e, o essencial, se preparará para seguir com sua carreira adiante.

Mas uma das lições mais fundamnetais a se ter sempre em mente é que uma escolha de profissão não lhe faz refém dela. Você pode mudar de ideia quantas vezes achar necessário até encontrar algo que seja apaixonante para você. Não há validade de tempo para começar de novo e, nunca se esqueça, jamais é tarde demais para ser feliz na sua vida profissional.

Se você é uma mulher empreendedora que gosta de estar por dentro das principais dicas e boas-práticas, não deixe de assinar nossa newsletter. Odiamos spam! Me preocupo em fornecer, no máximo 1 vez por semana, as principais novidades do blog Vou De Salto. Leia mais sobre mulheres no TED e compartilhe suas ideias!

Sobre a autora

Bela Guarino

Gerente de Inside Sales na Rock Content, formada em Relações Internacionais, mas já foi ninja, marketeira e até mesmo cosplayer. Teve seu 1º blog aos 12 anos e hoje gosta mesmo de Reiki e viajar por aí.

Comente!

Tópicos recentes

Categorias

Popular Posts

Mostrar
Esconder