Comunicação no trabalho: conheça sete regras que farão a diferença!

C

Seja em qual área for, a falta de comunicação entre as pessoas dificulta uma relação – e no trabalho, isso pode ser crucial. A comunicação no trabalho é importante não apenas para o bom convívio entre os funcionários, mas é essencial para que as tarefas sejam bem executadas por todos. Uma instrução mal formulada pode confundir seu funcionário, e a pior das hipóteses é aquela em que não há comunicação alguma – seja para pedir ajuda ou mesmo para instruir alguém!

Para que o seu ambiente de trabalho não sofra deste problema, selecionamos sete dicas de comunicação interna que podem mudar a rotina do seu trabalho e, o melhor, aumentar a produção! As dicas são baseadas na matéria da revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios, de acordo com o livro “Não existe gestão sem comunicação”, de Daniel Costa – especializado em endomarketing e comunicação interna.

1. TODOS precisam se comunicar

A comunicação vai além da socialização – os funcionários precisam se comunicar entre si para que o trabalho possa ser executado perfeitamente. Ninguém produz nada sozinho e, com a comunicação clara e direta, muitos problemas são evitados. Porém, esta comunicação não está restrita aos funcionários mais operacionais: os líderes e chefes são fundamentais para fazer com que a produção se realize. Instruções claras e trocas de ideias auxiliam o trabalho de todos e, no final das contas, a produção é quem sai ganhando.

2. Controle da ansiedade

A ansiedade é vilã na vida de muitas pessoas e, quando se trata da rotina organizacional, ela atrapalha o entendimento das mensagens e até a realização destas. Os gestores necessitam estabelecer metas claras e, principalmente, definir as prioridades a serem cumpridas. Na pressa por resultados, muitos se esquecem de que os funcionários têm muitas tarefas a serem feitas e, sem a comunicação devida, as prioridades de um podem não ser as mesmas de outro.

3. Feedback

Já falamos aqui sobre a importância do feedback na hora de estimular o aumento da produtividade, você se lembra? Na organização, é a partir da comunicação que são realizadas as instruções para que um funcionário realize corretamente seu trabalho ou mesmo mude sua conduta. E o feedback também está relacionado ao reconhecimento do trabalho de sua equipe. Por isso, elogie e incentive seus funcionários a alcançarem novos desafios! E, claro, não se esqueça de recompense adequadamente o bom trabalho!

4. Não à delegação da comunicação!

Não delegue suas conversas a terceiros: você deve dizer aquilo que precisa ser dito para quem quer que seja. Seja um funcionário subordinado ou mesmo seus superiores, comunique-se com todos! Além de você ter o controle daquela mensagem, você estimula seu relacionamento com os outros e ainda diminui o risco de ser mal interpretado – afinal de contas, uma boa conversa diminui as probabilidades de confusão!

5. Comunicar também é ouvir

Engana-se quem pensa que se comunicar bem é escolher adequadamente as palavras que utilizará durante uma conversa. Comunicação envolve a capacidade de ouvir aquilo que os outros têm a dizer! Ouça e entenda as demandas de seus funcionários e colegas, conheça suas ideias e aprenda com as diferentes opiniões! A interação comunicacional permite que muitos conhecimentos sejam trocados e que novas ideias surjam!
E se você está num cargo que exige a prestação de contas a um superior, não deixe suas ideias guardadas para si! Conselhos são sempre bem-vindos quando o assunto é continuar produzindo!

6. Atenção às mensagens

Provavelmente você já deve ter escutado alguém conversar contigo enquanto você lê um e-mail ou troca mensagens com outras pessoas, não é? Daniel Costa recomenda que você dedique toda a sua atenção àqueles que estão falando com você. Além de ser mais elegante, você diminui as chances de se esquecer da mensagem ou mesmo se confundir sobre aquilo que foi dito.

7. Você precisa mesmo de todas as reuniões?

Ninguém merece uma reunião que não acrescenta nada ao seu trabalho! Muitas reuniões são desnecessárias, pois ainda que sejam marcadas para facilitar a comunicação entre os funcionários, conversas informais podem ser mais eficazes e ainda poupam o tempo de todos!
E se a reunião deve mesmo ser realizada, não se esqueça de manter a objetividade: estabeleça previamente tópicos a serem discutidos e evite a divagação!

Se você é uma mulher empreendedora que gosta de estar por dentro das principais dicas e boas-práticas, não deixe de assinar nossa newsletter. Odiamos spam! Nossa equipe se preocupa em fornecer, no máximo 1 vez por semana, as principais novidades do blog Vou De Salto. Leia mais sobre empreendedorismo feminino e compartilhe suas ideias!

Sobre a autora

Tatiana Leite

Bacharel em Relações Internacionais e mestranda em Comunicação Social, ambas pela PUC Minas, se interessa por todo tipo de cultura. Com uma queda por telenovelas mexicanas, pretende continuar estudando sobre o gênero ficcional e encorajar mais pessoas a seguirem suas paixões.

Tópicos recentes

Categorias

Popular Posts

Mostrar
Esconder